PROCEDIMENTOS PERCUTÂNEOS

PROCEDIMENTOS PERCUTÂNEOS (PC)

Os procedimentos percutâneos são realizados sob anestesia local (sedação controlada) através de punção na pele, em vez de incisão cirúrgica, guiados pela radioscopia, o que nos permite acompanhar em tempo real a introdução dos instrumentos cirúrgicos e execução de procedimentos cirúrgico na coluna vertebral. São procedimentos de alta tecnologia e minimamente agressivos e maximamente efetivos, quanto bem indicados e executados. Por serem pouco traumáticos, provocam pouca dor no pós-operatório e permitem rápida recuperação.


DISCECTOMIA PERCUTÂNEA LOMBAR (hidrodiscectomia/SpineJet)

Objetivo: consiste em descomprimir o disco intervertebral lombar através de uma cânula utilizando-se de jato d’agua. Pequenas remoções de material intradiscal, alivia muito a pressão sobre as estruturas neurais adjacentes.

Indicação: hérnias discais contidas (integridade de complexo ligamentar posterior) resistente ao tratamento conservador.

CIFOPLASTIA E VERTEBROPLASTIA

Objetivo: A Vertebroplastia consiste em injetar cimento acrílico medicinal (PMM) através de uma ou duas cânulas no interior de corpos vertebrais fraturados para estabilizar a vértebra e aliviar a dor. A Cifoplastia tem indicação semelhante, porém, é mais segura, principalmente em casos de tumor e fratura de muro posterior da vértebra.

Indicação: fratura de corpo vertebral secundária à osteoporose/tumor após a falha de tratamento conservador (um a três meses).

RIZOTOMIA PERCUTÂNEA POR RADIOFREQUÊNCIA

Objetivo: consiste em cauterizar o ramo medial do nervo primário dorsal, que inerva as articulações zigoapofisárias (facetárias), com energia de radiofrequência.
Indicação: dores na coluna de origem facetária (cervical, torácica e lombar) resistente ao tratamento conservador.