COLUNA VERTEBRAL

A coluna vertebral é o pilar mestre (eixo mecânico) do tronco. Além de suportar o peso do corpo ela é bastante flexível. Essas duas propriedades mecânicas antagônicas fazem com que ela seja bastante vulnerável às lesões. Além disso, ela aloja no seu interior, a medula espinhal, que faz a comunicação entre o cérebro e o resto do corpo.
A coluna vertebral é constituída de 32 a 33 vértebras. Temos 07 vértebras cervicais (coluna cervical), 12 vértebras torácicas (coluna torácica-ligadas às costelas), 05 vértebras lombares (coluna lombar), 05 vértebras sacrais (coluna sacral - fundidas) e 3 ou 4 vértebras coccígeas (coluna coccígea).

A ORIGEM DA DOR VERTEBRAL

QUAIS OS TECIDOS SÃO FONTES DA DOR?
Segundo Kuslich, o músculo, a fáscia muscular e o osso são estruturas relativamente insensíveis, enquanto que a cápsula articular é sensível somente em cerca de 50% dos pacientes. A porção externa do anel fibroso (principalmente a porção posterior) é muito sensível, porém, a porção interna do anel fibroso e o núcleo pulposo são relativamente insensíveis. Assim, a dor discogênica está relacionada à lesão da porção externa do ânulo fibroso (inervado pelo nervo de Luschka) e a dor do nervo ciático é devida à compressão e inflamação da mesma pela deformação discal (hérnia discal) ou hipertrofia dos condutos ósseos onde elas estão alojadas (estenose de canal vertebral).

UNIDADE FUNCIONAL DA COLUNA VERTEBRAL

A unidade funcional da coluna vertebral, também conhecido como segmento motor da coluna, é constituída pelas duas vértebras adjacentes interligadas pelo disco intervertebral. Ele é que propicia a grande flexibilidade da coluna e ao mesmo tempo estabilidade.
A coluna vertebral é constituída por 23 ou 24 unidades funcionais.

UNIDADES FUNCIONAIS L4-L5 E L5-S1